Saudade alucina

Hoje eu acordei com saudade de você,
Saudade é companhia na ausência.
Os cantos deste apartamento são vazios,
Espaços que não podem ser preenchidos,
Sombras que me lembram de você!

Hoje não tem lugar aqui que me caiba,
Saudade é amor que foi interrompido.
Você não está e ao mesmo tempo me ocupa tanto,
As paredes são telas gigantes,
Projetam sua imagem.

Hoje eu quero conversar com a saudade,
Saudade é alento em noites frias.
O que nos aquece como manto protetor,
O que nos alimenta para seguir, sem ter que esquecer,
Que no escuro deste apartamento de novo amanheço!

(GeraldoCunha/2019)

Anúncios

14 comentários sobre “Saudade alucina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s