Série poema curto – Ecos inaudíveis

Tantas vozes silenciaram.
Dentro de mim (…) o eco.
Fora emudeceram.
As palavras não foram
Nem cortadas ao meio,
Nem interrompidas,
Foram (…) silenciadas
Veladas (…) inaudíveis.

O silêncio (…) os outros
Me fizeram calar.

2 comentários sobre “Série poema curto – Ecos inaudíveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s