Categorias
amor Divagação improváveis - livro de poemas Poema Curto Poesia

Série poema curto- Gostar pelo avesso

Categorias
Agradecimento amor Arte Elos Experimentações ilustração Pensamentos Poema Poema Curto Poesia psicologia Reeditados Saudade Série Sem indiretas Sentimentos surtados Tempo

Série especial- retrospectiva divagações & pensamentos

Categorias
Agradecimento amor Arte cotidiano Crônicas desenho Divagação Elos Emojis Experimentações Felicidade fotografia Haikai ilustração improváveis - livro de poemas Improviso Natureza Não se preocupe... Oração paixão Pensamentos Poema Poema Curto Poema Virginiano Poesia poesia concreta Politicando prosa psicologia Reeditados Sarcasmo e humor Saudade Série Sem indiretas Sentimentos surtados Tempo Vale a pena publicar de novo

Improváveis – Livro de poemas (GeraldoCunha)

Uma ótima leitura para começar o ano de 2022

Poesia leve, falando sobre o cotidiano, sentimentos, vivências.

Aquisição https://editorialcasa.com.br/produto/improvaveis-livro-de-poemas/

Venham compartilhar desta experiência comigo.

Pode ser adquirido também pela Amazon e em loja física na Martins Fontes Paulista.

Ou caso prefira…mande um direct pelo Instagram @divagacoes.geraldocunha (aqui com possibilidade de ir autografado)

GeraldoCunha/2021

Categorias
Experimentações Poema Poema Curto Poesia Sentimentos

Série experimentações- Aldravia

*

generosidade

no

conforto

de

palavras

acolhimento

*

sentido

amor

um

hiato

dois

corpos

*

suave

coração

carinhos

riqueza

no

dedicado

**

ALDRAVIA – É uma poesia composta por seis linhas poéticas resumida em palavras que exprimem grandes emoções.

Categorias
amor Arte desenho ilustração Poema Poema Curto Poesia Série Sem indiretas surtados

Série improváveis (moral da história)

Uma ilustração perfeita é só mais uma ilustração.
Uma ilustração com as imperfeições, da exclusividade dos traços trêmulos da emoção do momento, tem uma história para se contar.

TextoEarte

GeraldoCunha (2021)

Categorias
cotidiano Improviso Natureza Poema Poema Curto Poesia

Série de improviso- zere o relógio

Ao sentir que o ao redor está te consumindo
Zere o relógio
Foque
Fique nos segundos
Volte nas horas
E se jogue novamente
E se o mundo voltar a te consumir
Zere o relógio

(GeraldoCunha/2021)

Categorias
Experimentações Improviso Pensamentos Poema Poema Curto Poesia poesia concreta

Série poesia concreta- Luminous

Categorias
Arte Pensamentos Poema Poema Curto Poesia

Série poema curto- versos sôfregos

Categorias
Poema Poema Curto Poesia

Série poema curto – não vire o olhar

Categorias
Experimentações Improviso Poema Poema Curto Poesia Sentimentos

Série poema curto- pedregulho

Categorias
Arte Pensamentos Poema Poema Curto Poesia Série

Série poema curto – Refúgio

Quando tudo foi se tornando mais difícil,

As vozes foram se silenciando,

Os ouvidos se distanciando,

Refugie-me na poesia.

Encontrei conforto nas palavras

Que me atordoavam,

Transformei o processo de loucura na minha arte,

Fiz dos poetas meus terapeutas,

Da escrita minha companhia,

Foi onde encontrei abrigo.

O refúgio!

O escape!

GeraldoCunha/2021

Categorias
Pensamentos Poema Poema Curto Poesia Série Sentimentos

Série poema curto – Pelas Beiradas

Nada que começo termino
Vou guardando os poucos
As frases estão incompletas
Agonia dos pensamentos
Vou comendo pelas beiradas
Uma palavra aqui
Outra acolá
Perdidas entre os textos revisados

GeraldoCunha/2021

Categorias
Divagação Pensamentos Poema Poema Curto Poesia Saudade Sentimentos

Série poema curto – flerte noturno

Vou dormir meu sono
Acordar meus sonhos
Flertar com a insônia
Rolar meu travesseiro
De encontro ao peito
Chutar a manta que me descobre
Depois de muito resistir
Abraçar os fantasmas que me visitam

GeraldoCunha/2021

Categorias
Improviso Pensamentos Poema Poema Curto Poesia

Série PoemaCurto – Coloquial

E aí?
Choveu?
Aí?
Choveu?

Está chovendo!
São os lábios que dizem
Ao sentir do salgar da língua.

(GeraldoCunha/2020)

Categorias
Pensamentos Poema Poema Curto Poesia Sentimentos

Série poema curto – arranca pela raiz

Quando algo faz mal
Arranca
Cheira a raiz
Para não esquecer
E queima
Joga as cinza no mato
Amarra os cadarços
Caminhe
Não siga a trilha
Suje a sola da bota
Encharque-se
Está pesado?
Solta a boca do balão
Vento leva

(GeraldoCunha/2020)

Categorias
Pensamentos Poema Poema Curto Poesia Sentimentos

Série poema curto – Ecos inaudíveis

Tantas vozes silenciaram.
Dentro de mim (…) o eco.
Fora emudeceram.
As palavras não foram
Nem cortadas ao meio,
Nem interrompidas,
Foram (…) silenciadas
Veladas (…) inaudíveis.

O silêncio (…) os outros
Me fizeram calar.
Categorias
Pensamentos Poema Poema Curto Poesia

Série poema curto- Companhia


A música
E a poesia
Não me deixam só
São os braços invisíveis
Abraços!
As mãos que acariciam
Carinhos!
As palavras que não faltam
Confortos!
Quando precisei foram companhia
Amigas!
(GeraldoCunha/2020)

Categorias
amor Elos Felicidade paixão Pensamentos Poema Curto Poesia Série Sentimentos

Série poema curto- Vai deixar passar


Poderia ser uma pergunta.
Poderia ser uma afirmação.
Poderia ser uma interjeição.
Mas é só uma frase sem futuro,
Pois quando perceber foi tarde demais…
Passou!
(GeraldoCunha/2020)

Categorias
Divagação Experimentações Improviso Pensamentos Poema Poema Curto Poesia Tempo

Série poema curto – Paradoxo


Não ontem
Não mais cedo
Agora
Sou
Uma
Peça
Mínima
Nesta engrenagem
Substituível
Não daqui a pouco
Não amanhã
Agora
Olho
Para
Os lados
Só vejo
As cinzas
Uma semente
Terra
Água

(GeraldoCunha/2020)

Categorias
amor Pensamentos Poema Poema Curto Poesia

Série poema curto – Abraços


Já não tinha os abraços,
Então não me faltaram.
Permaneço de braços abertos,
Para o tempo certo,
Que o momento agora é de espera.
(GeraldoCunha/2020)