Série Senhores dos absurdos

Não dá para dizer

É alienação.

Diante de tantas barbáries

Que os ouvidos escutam

Não há como validar comportamentos

Muito dos que se vê dos que insistem em não

Enxergar

Mostra do caráter o que antes se escondia

Não se defenda dizendo: não faça julgamentos!

Não é um julgamento é uma constatação

(GeraldoCunha)

2 Comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s