Série minha voz – o desHumano em nós

Agravam-se as crises

Do mais humano em nós.

Revelam-se

Os ocultos sentimentos.

Somos melhores ou piores?

Seremos diferentes ao final?

O final de tudo será um recomeço?

Não temos as respostas.

Constatações apenas:

O desumano que assombrava

Agora fere com palavras, ações e omissões.

O egoísmo de alguns sobreleva,

Para estes foi assim e sempre será!

São faces que não se envergonham frente ao espelho.

Narcisos engolidos pelo poder!

Quando enxergam beleza é na dor do outro.

Socorrem-se a si e aos seus necessários.

Corja que pisa sem piedade.

Falsos… hipócritas

Nestes não depositamos confiança,

Se pensam que são afagados, enganam-se!

O que se tem é desprezo,

Não pisamos, pois se pisamos igualamo-nos.

Se convivemos é por necessidade e por saber que o mundo não é construído só com bondade!

Nem por isto nos tornamos mais desumanos,

Nos protegemos!

Nos encorajamos!

Criamos couraça para sermos mais fortes.

O humano está em muitos de nós.

Não se esconde e não se dá por vencido.

Não sucumbe às falácias e

Continuará em nós.

Se parece que fomos derrotados,

Novamente enganam-se!

Estamos lutando com nossas armas,

Que são diferentes:

Não corrompem,

Não sangram,

Nem por isto são menos eficazes.

Temos a verdade como escudo.

Não é de perfeição que se trata!

É do limite do humano,

De ressaltar o que em nós há de melhor.

São escolhas:

Nas atitudes,

Nos comportamentos,

Um olhar para o coletivo.

Obs: esta série são leituras de poemas autorais no Instagram divagacoes.geraldocunha

(GeraldoCunha/2021)

3 comentários sobre “Série minha voz – o desHumano em nós

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s