Série poema curto – Refúgio

Quando tudo foi se tornando mais difícil,

As vozes foram se silenciando,

Os ouvidos se distanciando,

Refugie-me na poesia.

Encontrei conforto nas palavras

Que me atordoavam,

Transformei o processo de loucura na minha arte,

Fiz dos poetas meus terapeutas,

Da escrita minha companhia,

Foi onde encontrei abrigo.

O refúgio!

O escape!

GeraldoCunha/2021

14 comentários sobre “Série poema curto – Refúgio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s