Série poema curto – Pelas Beiradas

Nada que começo termino
Vou guardando os poucos
As frases estão incompletas
Agonia dos pensamentos
Vou comendo pelas beiradas
Uma palavra aqui
Outra acolá
Perdidas entre os textos revisados

GeraldoCunha/2021