Série poema curto – arranca pela raiz

Quando algo faz mal
Arranca
Cheira a raiz
Para não esquecer
E queima
Joga as cinza no mato
Amarra os cadarços
Caminhe
Não siga a trilha
Suje a sola da bota
Encharque-se
Está pesado?
Solta a boca do balão
Vento leva

(GeraldoCunha/2020)