Série Open: Coração sincero -recado


(Da série open veja também Ausência conformada-sinais )

Há muito já não sou quem conheceu!
A imagem de criou a partir dos conceitos de antes, dos tempos que abríamos o coração com sinceridade, não existe mais.
Se você se afastou por esta razão,
Por achar que eu não tinha nada a acrescentar…
Se enganou!
Não era vitimismo.
Na sinceridade do coração havia verdade…
Nossa verdade!
Você não entendeu isto e se afastou.
Entendi o recado antes que precisasse ser ditado!
E mudei.
E vi que não percebeu
E percebi que não se importou.
Hoje sou outro.
Ainda de coração sincero.
E você?
Quem é?

(GeraldoCunha/2019)

10 comentários sobre “Série Open: Coração sincero -recado

  1. Boa tarde Geraldo belíssimo este seu poema, deixo em baixo uo pouco dele, bastante tocante;

    “Entendi o recado antes que precisasse ser ditado!
    E mudei.
    E vi que não percebeu
    E percebi que não se importou.
    Hoje sou outro.
    Ainda de coração sincero.
    E você?
    Quem é?”

    Assim nos vamos lendo, entendo, crescendo, afinal,” as palavras são de ouro, por vezes de paz, outras de sossego, muitas vezes desassossegado, intenso mas sereno” AC

    Curtido por 2 pessoas

    • Obrigado Albertina! Depois de muita reflexão compreendi as ausências, doeu muito! Mas às vezes não somos nós que mudamos, mas o outro. Ou um não acompanha a evolução do outros, ou seja, não se está na mesma sintonia !! Tudo resultou nesta série ‘open’…o meu mais íntimo externado. 🙏🏼

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s