Série Poema Curto: Selfie

De tanto só tirar selfie
Eu me apaixonei por mim
O tanto quanto esqueci de quem estava ali
Eu me desocupei dos lugares
Até do abismo em que fui cair
Eu me deixei levar pela necessidade
Por quem nem estava por ali
Eu não me aproveitei do momento
Preocupado com melhor filtro a inserir

(GeraldoCunha/2019)

7 comentários sobre “Série Poema Curto: Selfie

  1. Eliana Cunha disse:

    Vou confessar….gosto, mas também gosto de fotos com pessoas, tradicionais, família. Selfies em excesso por falta de quem fotografe no momento.Mas gostei da reflexão.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s