Dor suprema

Roupa que sufoca
Rasgada junto ao corpo
Arranhadas unhas em carne
Amargura sem pudor

Móveis arrastados
Peso que não suporta
Costas em autoflagelo
Suplício sem amor

Copos quebrados
Coração que despedaça
Estilhaço que perfura
Espera sem chegada

Pratos atirados
Parede que escorre
Vermelho que sangra
Partida sem largada

(GeraldoCunha/2018)