Poema inacabado


(Gostou? veja também Poema da felicidade)///.
É café que se deixou gelado,
Xícara que não foi usada,
Cadeira sempre desocupada!

É livro amarelado,
Página que foi arrancada,
Personagem que não se saberá amado!

É história não terminada,
Vida que ficou pela estrada,
Partida sem chegada!

É frase que ficou pela metade,
Choro que não foi consolado,
Ombro pedido e recusado!

É olhar que se perde no nada,
Horizonte que não vê paisagem,
Porteira mantida fechada!

É noite interrompida no ato,
Pelo nome sussurrado errado,
Cama que ficou abandonada!

(GeraldoCunha/2018)