De repente saudade


(Gostou? veja mais sobre saudade…Tributo a um amigo)///.
De repente não fazia mais sentido,
Era só sua ausência que gritava,
Nada mais havia para se preocupar,
Não mais quem cuidar.

De repente todo um tempo virou saudade,
Era só um silêncio que ensurdecia,
Nada preenchia aquele espaço,
Não tinha mais onde se apegar.

De repente nada mais se via,
Era só lembrança no escuro,
Nada mais iluminava aquele lugar,
Não tinha mais para aonde olhar.

De repente é tempo de aceitar,
Era sentido de não se desapegar,
Nada mais justifica assim ficar,
Só saudade boa que se quer lembrar.
(GeraldoCunha/2018)