Visceral


(Gostou? veja também Porta-retratos)///.
Tem que ser a amizade,
Daquela que não foge dos segredos,
Aquela que captura segredos,
Que enterra segredos.
Intensa na medida!

Tem que ser o amor,
Daquele que resiste ao tempo,
Aquele que bagunça o tempo,
Que se perde no tempo.
Intenso na dosagem!

Tem que ser a vida,
Daquela que insiste na teimosia,
Aquela que resiste à teimosia,
Que é teimosa.
Intensa na persistência!

Visceral,
Que não seja metade,
Que não seja vazio,
Que não seja derramado,
Que tenha a medida exata!

(GeraldoCunha/2018)

5 comentários sobre “Visceral

  1. Ciron Dutra Picchi disse:

    Poesia de primeira! Versos extremamente bem estruturados, me lembrou um pouco o feeling daquele livro do John Green, Cidades de Papel, que apesar de ser um drama adolescente, questiona muito sobre o amor, a amizade e a vida. Muito bom!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s