Categorias
Poesia

O se existencial


(Gostou? veja também Vale da Lua
Ou foi
Ou é
Ou será

Se, não foi
Se, não é
Se, não será

Foi pretensão
É enganação
Será postergação

O se não existe
No mundo do muito querer
No qual não há espaço para incertezas

(GeraldoCunha/2018)

Por Divagações.GeraldoCunha

Escrevo. A escrita me liberta. Sei que serei lido, por alguns ou por muitos, ainda que não seja compreendido por todos, mas isso não é o mais importante. Ao escrever deposito nas letras minhas alegrias, tristezas e me liberto dos sentimentos que povoam minha mente, dando espaço para outros ocuparem esse lugar. Assim vou vivendo. Às vezes escravo de meus pensamentos, às vezes liberto.

11 respostas em “O se existencial”

Obrigado, muito bom ter este feedback. Vejo que está sempre me prestigiando, muito grato por isto. Também gosto muito do seu blog e estou acompanhando seus desafios minimalistas, muito bom. Abç

Curtir

Não entendo de “se”, nem de possibilidades, mas tenho grandes pretensões, soberbias. Então, acho que aprecio o vosso “se”; acho mesmo que gostei. Assim, a modo de quem gosta do diálogo com quem poeta (aí, revisão, verbo poetar) com o “se”. Você tem verve! Incidentalmente, você tem o meu apreço. Um abraço.

Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s