Pássaro liberto


(Gostou? em setembro 2017 escrevi sobre a Noite) …
Há uma gaiola
A aprisionar
Grades de ferro
Anilhas de aço
Mordaças de metal

Impondo limite
Destruindo sonho
Sufocando desejo
Alimentando descrença
Abafando o cantar

Há um pássaro
Preso em meu peito
E quer cantar
E quer voar
E quer se libertar

Rasgando o peito
Explodindo no céu
Soprando as nuvens
Invadindo o sol
Vibrando no espaço

(GeraldoCunha/2018)

Anúncios

13 comentários sobre “Pássaro liberto

  1. Um dia vou sair desta gaiola chamada planeta Terra, quebrar as grades do mal, tirar a mordaça da calúnia, rebentar as anilhas do egoísmo e vou voar pela eternidade, agitando os espaço com o bater das minhas asas. Poema inspirador…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s