Poema duplo em oração


(Gostou? veja também: Cadê você? )

Quebra-me as barreiras.
          Invada o meu espaço.
Liberta-me desta opressão.
          Não desista na hesitação.
Agarra-me a mão.
          O que vejo é só escuridão.
Olha-me nos olhos.
          Faça eu enxergar.
Mostra-me a luz.
          Dê motivos para acreditar.
Suplanta-me os medos.
          Só sinto a sua presença.
Afaga-me o peito.
          É o conforto de que preciso.
Afoga-me com manto de proteção.
          Nutri o meu espírito de ar.
Devolva-me a paz.
          Neste momento de devoção.
Sossega-me a alma.
          Acomoda meus pensamentos.
Abranda-me a dor.
          Traz alívio a meu sofrimento.
Alivia-me das angústias.
          Acalma minha inquietações.
Alimenta-me de esperança.
          Seja apoio para eu seguir.
Restaura-me a fé.
          Abra os meus caminhos.
Faça-me companhia.
          Venha comigo em oração.

…hoje eu quis fazer uma prece – poema duplo em forma de oração – em agradecimento ao universo, em especial ao seres que o habitam.

(GeraldoCunha/2018)

Anúncios

8 comentários sobre “Poema duplo em oração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s