Divagação 68

Já não danço, meus pés estão fincados no chão, mas deles não crescem raízes, nem florescem os galhos, meu corpo um tronco agarrado ao chão, já não corro.

Gostou? veja também: Divagação 01
(GeraldoCunha/2018)