Poema da felicidade


Gostou? veja tambem: Poema para você um dos meus preferidos.

Procurei lá fora, não encontrei.
Vi muita estampada em rostos estranhos.
Tentei compreender, não pude.
Aqueles sorrisos não eram para mim.

Encontrei cá dentro.
No aconchego de uma xícara de café que repousa no pires.
Na esperança depositada em um verso que cai sobre o papel.
Na tranquilidade de um dia comum.

Procurei ao longe, não encontrei.
Vi só alegria passageira.
Tentei absorver, não pude.
Aquelas histórias de vida não eram minhas.

Encontrei cá perto.
Em gestos despretensiosos.
Em movimentos não ensaiados.
Em atitudes inesperadas.

Não encontrei no anonimato das ruas.
Não precisei viajar para o longe.
Encontrei em momentos de espontaneidade.
Estava esquecida em cantinhos da minha memória, abandonada.

Felicidade é olhar para uma parede vazia e ver uma bela paisagem.
Felicidade é estar sentindo-se em paz no meio de uma guerra interior.
Felicidade é transformar segundos em horas de alegria.
Felicidade é não sentir falta de algo que não se sabe o que é.

Hoje a felicidade me visitou.
Servi uma xícara de café.
Escrevi um poema.
Convidei para ficar.

(GeraldoCunha/2017)