Poema virginiano


Triste,
Pedi para que me deixasse sozinho,
Quietinho no meu canto,
Quando o que eu realmente queria
é que você me arrancasse à força desta tristeza.
(Sériebomhumor)
Você não compreendeu, preferiu ir embora.

Toma virginiano!

(GeraldoCunha/2017)