Enfado

Nunca gosto de contar a versão resumida da história.
Gosto da dramaticidade dos detalhes mínimos e dos trechos enfadonhos, mas que fazem toda a diferença.
Não tenho medo de ser prolixo.
Sarcasticamente, é prazeroso ver no olhar do outro o enfado.
(GeraldoCunha/2017r)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s