Percepção

Olho lá ao longe e vejo uma esperança, nela me agarro.
Era você de longe a me observar, sem que eu percebesse.
Quietinho, porém maroto, para não chamar muita atenção, foi se aproximando e eu já percebia.
A cada passo vergonhoso que eu dava, recuando um às vezes, você perseverava.
Estava lá, eu pensava, estático.
Só não percebia que a cada passo que eu dava em sua direção, outros dois você dava ao meu encontro.
Hoje, já não o vejo ao longe, tão longe, está mais perto, mas ainda não chegou.
(GeraldoCunha/2016)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s